Tite fala em arbitragens anti-Corinthians: “não sou babaca”

Tite fala em arbitragens anti-Corinthians: “não sou babaca”


O técnico Tite se mostrou mais uma vez contrariado com a arbitragem contra o Corinthians nos últimos jogos da equipe. Após o empate por 1 a 1 contra a Ponte Preta nesta quarta-feira, no Estádio do Pacaembu, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, o treinador não quis tirar os méritos do rival, mas detonou a atuação dos árbitros no decorrer do duelo, especialmente pelo “cai cai” dos adversários no fim e por suposto pênalti não marcado.

“O árbitro não tem a coordenação dos movimentos. Vou ficar olhando para vocês. Eu vi pênalti, não precisa dar os que não são, o Corinthians não quer. Teve pênalti contra o Bahia, contra o Grêmio, contra o São Paulo talvez. Eu vi vocês falando do Bahia, mas contra o Grêmio foi absurdo. E hoje o Romarinho domina e não tem vantagem em pênalti. Com esse grau de competição os pênaltis têm que ser dados”, avisou Tite, que ainda esbravejou.

“Depois que estava 1 a 0 para a Ponte uns 300 caíram, um atrás do outro. Três minutos de acréscimo, vejam o tape. Não sou babaca, simulou, na frente de vocês (jornalistas). Não é normal”, continuou o comandante corintiano, que também condenou a expulsão do atacante Emerson, em duelo contra o Atlético-MG, pela 21ª rodada do Brasileiro.

“Foi pênalti e com medo de tomar cartão o Emerson levantou rápido, vejam o lance. Não quero pautar julgamento, torço para que as pessoas tenham discernimento para que o TJ possa avaliar, vamos acatar qualquer decisão”, avaliou o treinador. Emerson pode pegar até 21 jogos de suspensão, em pena que será decidida pelo STJD. “O Emerson toma falta, toma falta, toma pênalti, tomou o cartão que não era, é expulso e fica fora do jogo. É complicado”, reclamou Tite.

Tite trouxe para sua entrevista um relatório sobre o número de faltas sofridas e cometidas pelo Corinthians no Campeonato Brasileiro para dar ênfase às suas denúncias. O comandante ainda leu a folha para os jornalistas, justificando: “nosso time é o 16º que comete faltas no campeonato e 15 times fazem mais que nós. Somos o segundo que mais sofre faltas. O Edilson (do Grêmio) fez nove faltas e não tomou amarelo”, avisou. O Corinthians volta a campo no domingo, contra o Palmeiras, no Pacaembu.

Reportagem: Terra


Falando sobre:
tite