Próximo rival do Timão, Botafogo está entalado na garganta de Tite

Próximo rival do Timão, Botafogo está entalado na garganta de Tite


O título da Libertadores marcou para sempre o nome dos jogadores na história do Corinthians. A festa, porém, acabou cedo para o técnico Tite. Depois de uma derrota para o Botafogo, adversário deste domingo, às 16h, no Engenhão, o treinador encerrou de vez a euforia e conseguiu recolocar a equipe nos trilhos para deixar as últimas posições do Campeonato Brasileiro.

O clima do jogo, válido pela sétima rodada, mas adiado para o dia 11 de julho, era de comemoração. Era a primeira vez que o Corinthians pisava o gramado do Pacaembu após a vitória sobre o Boca Juniors, uma semana antes, na final da competição continental. Campeões paulistas de 1977 colocaram as faixas do título sul-americano nos jogadores. Quando a bola rolou, porém, o Botafogo não deu chances e venceu por 3 a 1 (veja no vídeo ao lado). Tite trocou a badalação por uma bronca daquelas.

“Vou dizer que aquele, talvez, tenha sido um dos momentos mais importantes no Corinthians. A “boleirada” levou um chega pra lá. Perdemos e foi um resultado mais que justo”, recordou.

Tite reuniu o elenco dois dias depois para cobrar concentração no torneio. Na ocasião, o Timão estava na zona do rebaixamento e havia vencido apenas uma partida em oito. Deu certo. A equipe esqueceu a festa e buscou a reação, emplacando uma sequência de nove jogos sem perder.

“Um dia vou poder contar tudo o que conversamos. Eu nunca falo no vestiário porque a tensão ainda é muito grande. No dia seguinte, deixei os jogadores sozinhos, mas no outro pudemos conversar e acertar”, disse Tite.

Em situação bem mais cômoda, o treinador quer agora mais tranquilidade. O Corinthians está em nono lugar, com 35 pontos, e nas contas da comissão técnica precisa de mais dez para escapar definitivamente o fantasma do rebaixamento e, assim, pensar no Mundial de Clubes. Revanche? Ele nega.

“Não é revanche. Queremos vencer o Botafogo de uma forma normal. Daquela vez, eles foram melhores e venceram. Vamos em busca dos pontos para entrar na zona de segurança”, projetou.

Reportagem: Globo Esporte