De olho no Mundial, Corinthians ‘suspende’ Sheik de jogo no Rio

De olho no Mundial, Corinthians ‘suspende’ Sheik de jogo no Rio


Inicialmente, Emerson Sheik estava à disposição do técnico Tite para a partida deste domingo, às 16h, contra o Botafogo, no Engenhão, no Rio de Janeiro. Só que a diretoria do Corinthians pediu a revogação do efeito suspensivo concedido pelo STJD recentemente e o atacante está fora da partida.

Explica-se: na sexta-feira, dia 14 de setembro, Sheik foi punido com seis jogos de suspensão, por conta de ofensas ao árbitro Péricles Bassols, na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG, no dia 2 de setembro, quando levou cartão vermelho. Lá atrás, no dia 5, ele cumpriu a punição automática e não enfrentou o Figueirense, na derrota por 1 a 0, em Florianópolis.

O jogo seguinte à decisão do STJD foi justamente o clássico com o Palmeiras, domingo passado, no Pacaembu. Emerson também não esteve em campo, cumprindo, então, duas das seis partidas de suspensão. Com o efeito suspensivo vigente, portanto, o atacante poderia entrar em campo neste domingo, diante do Botafogo.

Só que a diretoria e a comissão técnica do Timão analisaram o caso e resolveram pedir a revogação do efeito suspenso. Até porque no próximo dia 28 de setembro haverá o julgamento do recurso. Assim, com três partidas já cumpridas, Sheik teria apenas mais três para ficar fora. E não quatro, caso ele entre em campo neste domingo. Isso se a pena for mantida. Se ela for reduzida, talvez ele já tenha condições de jogo.

Assim, o Corinthians acredita que dará mais tempo para o jogador se preparar para o Mundial de Clubes da Fifa. A intenção de Tite é que os jogadores usem o Campeonato Brasileiro para pegar ritmo. A estreia do Timão, ainda sem adversário definido, será no dia 12 de dezembro. A final ou decisão de terceiro lugar será no dia 16.

Reportagem: Globo Esporte


Falando sobre:
emerson